imagem da noticia
camera

Reprodução

seta amarela

Saúde

Anvisa discute hoje a possibilidade de dispensa do registro da vacina contra a varíola dos macacos

Reunião pública da Anvisa será transmitida pelo canal do YouTube às 13h.

Redação Pedra Azul News

17/08/2022 - 00:00:00 | Atualizada em 18/08/2022 - 08:59:01

camera

Reprodução

Hoje (17), a Diretoria Colegiada (Dicol) da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizará a 15º Reunião Ordinária Pública de 2022. A reunião acontecerá por videoconferência e será transmitida pelo canal da Anvisa no YouTube.

O objetivo do encontro, marcado para 13h, é discutir a possibilidade de dispensa do registro e de requisitos para autorização da importação de vacinas e outros medicamentos para prevenção e tratamento da monkeypox.

No Brasil, o Ministério da Saúde já confirmou 2.985 casos de monkeypox. Grande parte desse número está em São Paulo, com 2.019 casos da doença. Segundo um boletim, divulgado no último dia 11 pela Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo (Sesa), no estado já são 7 casos confirmados, 82 notificações, 52 casos suspeitos e 23 descartados. O maior número de casos está entre os homens e em pessoas na faixa etária de 30 a 39 anos.

O Ministério da Saúde deve adquirir a vacina e medicamentos para tratamento da monkeypox nos próximos dias. A ideia da Dicol é dar celeridade a esse processo, sem que haja necessidade da espera de um registro, como foi feito com a Autorização de Uso Emergencial (AUE) para as vacinas contra a covid-19.

A Anvisa também discutirá os procedimentos que serão adotados em aeroportos e aeronaves em virtude do encerramento da Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN) em decorrência da infecção humana pelo novo coronavírus.