imagem da noticia
camera

Reprodução

seta amarela

Mundo

Israel declara "estado de guerra" em resposta ao ataque do grupo terrorista Hamas

Número de mortos ultrapassa 800

Redação Pedra Azul News

09/10/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 09/10/2023 - 14:45:15

camera

Reprodução

No início da manhã deste sábado (7), o grupo terrorista Hamas, que controla a Faixa de Gaza, lançou um ataque surpresa contra cidades israelenses. Foguetes foram disparados a partir da Faixa de Gaza, enquanto homens armados invadiram o território israelense por terra, ar e mar, visando civis. O saldo já ultrapassa 800 mortos, 2.500 feridos e mais de 150 sequestros, incluindo civis, o que é considerado um crime de guerra. No Domingo (7), foi declarado formalmente estado de guerra pelo Gabinete de Segurança de Israel.

O ataque ocorreu no sul de Israel, nas proximidades da Faixa de Gaza, atingindo até mesmo um evento de música eletrônica conhecido como "Rave," resultando na morte de 260 pessoas. Entre os presentes estava Juarez Petrillo, pai do DJ Alok, que conseguiu se abrigar em um bunker.

Oficialmente, há três brasileiros desaparecidos. O Departamento de Estado dos EUA e o Pentágono relatam que há pelo menos nove cidadãos americanos mortos no ataque terrestre, com suspeitas de que o número real seja maior. As bases americanas em países vizinhos estão em alerta máximo, e os EUA ordenaram o deslocamento do Grupo de Porta-Aviões de Ataque USS Gerald R. Ford para o Mediterrâneo Oriental. O USS Ford é o maior porta-aviões do mundo e o maior navio de guerra já construído.

A Faixa de Gaza é uma região geográfica com tamanho aproximado ao da cidade de Conceição do Castelo, no Espírito Santo, habitada por cerca de 2 milhões de palestinos e controlada pelo grupo terrorista Hamas desde 2007. O objetivo declarado do Hamas é a libertação do povo palestino, o que inclui a eliminação de Israel e a retomada de seu território.

Israel já iniciou ofensivas aéreas e terrestres, bombardeando a Faixa de Gaza mais de 800 vezes em menos de 24 horas. O porta-voz militar israelense confirmou que uma invasão da Faixa de Gaza está em curso, envolvendo 100.000 soldados israelenses, com o objetivo de neutralizar todo o potencial militar do Hamas.

Fonte: StandWithUs Brasil

Israel declara "estado de guerra" em resposta ao ataque do grupo terrorista Hamas
.