imagem da noticia
camera

Edilson Rodrigues/Agência Senado

seta amarela

Política

Comissão do Senado aprova indicação de Flávio Dino ao STF: 17 a favor, 10 contra

Agora, Flávio Dino encaminha-se para o plenário do Senado, onde requer, no mínimo, 41 votos

Redação Pedra Azul News

13/12/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 18/12/2023 - 12:57:45

camera

Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, por 17 votos a favor e 10 contra, a indicação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, ao Supremo Tribunal Federal (STF). Durante a sabatina, abordou-se sua atuação na Suprema Corte, as imagens não entregues à CPMI sobre o 8 de janeiro e sua imparcialidade.

Ao lado de Dino, o indicado à Procuradoria-Geral da República, Paulo Gonet, também foi aprovado por 23 votos. A sabatina durou mais de dez horas. Agora, ambos seguem para o plenário do Senado, onde necessitam de 41 votos para assumirem oficialmente os cargos de ministro do STF e PGR.

A chegada de Flávio Dino ao STF representa um retorno ao Poder Judiciário. Antes da carreira política, atuou como juiz do TRF-1 de 1994 a 2006. Ele foi deputado federal, presidente da Embratur e governador do Maranhão. No segundo mandato, mudou do PCdoB para o PSB.

Natural de São Luís, Dino, com 55 anos, poderá permanecer como ministro do STF por até duas décadas.

Comissão do Senado aprova indicação de Flávio Dino ao STF: 17 a favor, 10 contra
.