imagem da noticia
camera

Valter Campanato/Agência Brasil

seta amarela

Política

Roberto Jefferson foi indiciado por tentativa de homicídio

Roberto Jefferson foi indiciado na segunda (24).

Redação Pedra Azul News

25/10/2022 - 00:00:00 | Atualizada em 25/10/2022 - 14:07:09

camera

Valter Campanato/Agência Brasil

A Polícia Federal indiciou por quatro tentativas de homicídio o ex-deputado federal e presidente de honra do PTB, Roberto Jefferson. Duas tentativas de homicídio se referem à policial federal Karina Oliveira e ao delegado Marcelo Vilella, que ficaram feridos após o ataque de Jefferson à PF.

As outras duas tentativas se referem aos dois agentes da PF que estavam próximos ao carro que foi alvejado por tiros de fuzil disparados pelo ex-deputado. A Polícia Federal estava cumprindo um mandado de prisão determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Roberto Jefferson, após ser preso, disse em depoimento que disparou aproximadamente 50 tiros de fuzil contra a PF, mas que não atirou para matar. Além disso, lançou três granadas contra os agentes.

O ex-deputado disse que “se quisesse, matava os policiais, pois estava em posição superior e com fuzil de mira”. Pediu também desculpas aos agentes feridos e que não teve dolo em sua ação.