imagem da noticia
camera

Reprodução

seta amarela

Brasil

Em nova pesquisa, brasileiros apontam quais áreas devem ser prioridade de um presidente

4% dos entrevistados se disseram muito otimista com a economia do Brasil.

Redação Pedra Azul News

22/09/2022 - 00:00:00 | Atualizada em 22/09/2022 - 22:13:55

camera

Reprodução

Uma pesquisa realizada pela Instituto FSB Pesquisa contratado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revela a preocupação dos brasileiros em relação ao futuro do Brasil.

Quase metade das pessoas ouvidas considera que a economia não alavancou e elencam saúde, educação e emprego como prioridades de quem governará o País nos próximos quatro anos. E, na opinião dos entrevistados, todas essas áreas tiveram avaliação negativa.

A Pesquisa Agenda de Prioridades da FSB/CNI entrevistou "face a face" 2.030 pessoas com 16 anos ou mais entre os dias 16 e 21 de agosto, em todo Brasil, segundo informações da Gazeta do Povo. A margem de erro é de 2 pontos porcentuais com confiabilidade de 95%.

Na opinião dos entrevistados, as prioridades de um presidente eleito devem ser:

-Saúde pública: Citada por 43%
-Educação pública: 34%
-Gerar emprego: 21%
-Combate à pobreza/desigualdade social: 12%
-Controle da inflação: 9%
-Segurança pública: 9%
-Melhorar a situação da economia: 6%
-Combate à corrupção: 4%
-Redução dos impostos: 3%
-Habitação/moradia: 2%
-Ampliar os programas sociais: 2%
-Outros: 9%
-Não sabe/não respondeu: 11%

Na área de educação, a prioridade mais citada foi a melhora da capacitação dos professores, com 26%. Já na saúde, contratar mais médicos e enfermeiros, com 31% de apontamento. Outra prioridade apontada foi baixar impostos sobre a folha de pagamento e geração de emprego com 39% e 44%, respectivamente.

As respostas foram espontâneas, ou seja, não foi apresentada uma lista de opções aos participantes da pesquisa.