imagem da noticia
camera

Reprodução: Divulgação

seta amarela

Economia

Conforme decisão do Conselho, medicamentos sofrem aumento de até 4,5% a partir do último domingo(31)

Decisão do Conselho de Regulação do Mercado de Medicamentos impacta consumidores e fabricantes.

Redação Pedra Azul News

02/04/2024 - 00:00:00 | Atualizada em 03/04/2024 - 08:36:40

camera

Reprodução: Divulgação

A partir deste domingo (31), os preços dos medicamentos serão ajustados em até 4,5% pelos fabricantes, conforme decisão do conselho da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos, publicada no Diário Oficial da União. Os consumidores devem começar a sentir os reflexos desse aumento nas próximas duas semanas.

O percentual de reajuste foi determinado com base no IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) do período de março de 2023 a fevereiro de 2024. Este ano, o reajuste do preço máximo dos medicamentos acompanhou o índice da inflação, afetando cerca de 13 mil produtos comercializados. O Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos) já havia estimado esse incremento anteriormente.

Vale ressaltar que o Ministério da Saúde enfatizou que este é o menor reajuste praticado desde 2020. Além disso, destacou-se que o percentual não representa um aumento automático nos preços, mas sim a definição de um teto permitido para os reajustes.

Conforme decisão do Conselho, medicamentos sofrem aumento de até 4,5% a partir do último domingo(31)
.