imagem da noticia
camera

Inmet

seta amarela

Brasil

Ano de 2023 Registra Recorde Histórico de Temperaturas no Brasil

Média anual no país atinge 24,92ºC, superando a média histórica em 0,69°C.

Redação Pedra Azul News

10/01/2024 - 00:00:00 | Atualizada em 10/01/2024 - 12:10:59

camera

Inmet

O ano de 2023 revelou-se o mais quente na história do Brasil, de acordo com informações fornecidas pela Organização Meteorológica Mundial (OMM). O país experimentou uma média anual de 24,92ºC, representando um aumento de 0,69°C em relação à média histórica de 1991/2020, estabelecida em 24,23°C. Em comparação, o ano anterior, 2022, registrou uma média anual de 24,07ºC, ficando 0,16ºC abaixo da média histórica.

A influência do fenômeno El Niño, caracterizado por intensidades variando de forte a muito forte, foi evidente em 2023, assim como em outros anos listados entre os cinco mais quentes no Brasil no período de 1961 a 2023.

Ano de 2023 Registra Recorde Histórico de Temperaturas no Brasil
Ranking dos cinco anos mais quentes da história do Brasil entre 1961 e 2023.

Ranking dos Cinco Anos Mais Quentes (1961-2023):
1º: 2023 - 24,92ºC
2º: 2015 - 24,89ºC
3º: 2019 - 24,83ºC
4º: 2016 - 24,66ºC
5º: 1998 - 24,60ºC

Levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indicou que, dos 12 meses de 2023, nove apresentaram médias mensais de temperatura acima da média histórica (1991/2020). Setembro se destacou, registrando o maior desvio desde 1961, com 1,6ºC acima da média histórica.

Médias Mensais de Temperatura em 2023:
Legenda: MO: Média observada em 2023 | MH: Média histórica (1991-2020)

Janeiro: MO 24,9ºC | MH 25,5ºC
Fevereiro: MO 25,4ºC | MH 25,4ºC
Março: MO 23,7ºC | MH 23,1ºC
Abril: MO 24,4ºC | MH 24,4ºC
Maio: MO 23,7ºC | MH 23,1ºC
Junho: MO 22,5ºC | MH 22,2ºC
Julho: MO 22,9ºC | MH 21,9ºC
Agosto: MO 24,9ºC | MH 22,9ºC
Setembro: MO 25,8ºC | MH 24,2ºC
Outubro: MO 26,4ºC | MH 25,2ºC
Novembro: MO 26,8ºC | MH 25,3ºC
Dezembro: MO 26,5ºC | MH 25,5ºC

Durante o ano, o Brasil enfrentou nove episódios de onda de calor, reflexo dos impactos do fenômeno El Niño e de outros fatores que têm contribuído para eventos climáticos extremos.

Destaque Geográfico:
As temperaturas mais elevadas foram registradas em diversas regiões, incluindo sul do Pará, Mato Grosso, sul de Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, áreas de Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco e Ceará.

Cenário Global:
De acordo com a versão provisória do Estado Global do Clima 2023, divulgada pela OMM em 30 de novembro de 2023, a temperatura média da superfície global superou a média histórica de 1850/1900 em 1,4°C até outubro do ano anterior. Com isso, 2023 já é considerado o ano mais quente em 174 anos de medições meteorológicas, ultrapassando os recordes anteriores de 2016 e 2020.

Fonte: Inmet - O INMET, representando o Brasil na Organização Meteorológica Mundial (OMM) desde 1950, é um órgão do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA).

Ano de 2023 Registra Recorde Histórico de Temperaturas no Brasil
.