imagem da noticia
camera

Reprodução

seta amarela

Brasil

240 pessoas vão para presídios de Brasília após protestos; há idosos na lista

Não será possível comunicação individual com os presos.

Redação Pedra Azul News

10/01/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 10/01/2023 - 15:49:34

camera

Reprodução

Desde o último domingo (8), cerca de 1500 pessoas foram presas em Brasília após protestos que depredaram as sedes dos Três Poderes. Na noite de segunda-feira (9), pelo menos 240 pessoas foram encaminhadas para presídios do Distrito Federal.

São 158 homens encaminhados ao Centro de Detenção Provisória II (CDPII), no Complexo Penitenciário da Papuda, e 82 mulheres à Penitenciária Feminina do DF (PFDF), conhecida como Colmeia, segundo informações da Gazeta do Povo. As transferências foram determinadas pela Vara de Execuções Penais do DF.

A Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) disponibilizou uma lista com os nomes dos presos para que familiares e advogados tenham acesso a elas. A listagem dos nomes está na página da Secretaria http://seape.df.gov.br/wp-content/uploads/2023/01/prisoes08-01.pdf e é possível verificar, pela data de nascimento, que há pessoas com mais de 70 anos.

Em nota, a Seap considera que

“Em atendimento à decisão da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, está disponível para consulta a listagem das pessoas presas no Sistema Penitenciário do Distrito Federal, em virtude dos fatos ocorridos na Praça do Três Poderes no dia 08/01/2023. Devido ao alto número de prisões, não é possível que a Gerências de Atendimento aos Internos – Geaits das unidades prisionais realizem comunicações individuais. Dessa forma, será mantida lista atualizada das pessoas transferidas para o Sistema Prisional, a fim de possibilitar o acesso de familiares e advogados a elas”.

Alguns grupos de mulheres com filhos pequenos e idosos foram liberados à noite.