imagem da noticia
camera

Reprodução

seta amarela

Domingos Martins

Surto de dengue em Domingos Martins: aumento alarmante de casos em menos de 15 dias

Município de Laranja da Terra registra um óbito segundo Boletim Epidemiológico do dia 15/02/2024.

Redação Pedra Azul News

16/02/2024 - 00:00:00 | Atualizada em 03/04/2024 - 08:37:22

camera

Reprodução

Em um cenário preocupante, Domingos Martins, no Espírito Santo, vê uma escalada significativa nos casos de dengue em um curto período de tempo. De acordo com o último Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (SESA) em 15 de fevereiro de 2024, o município viu uma transição de média para alta incidência da doença desde o último relatório emitido em 2 de fevereiro deste ano.

A sexta semana epidemiológica, compreendida entre os dias 4 e 10 de fevereiro de 2024, testemunhou um aumento alarmante, com 19.088 casos notificados no estado, resultando em uma incidência de 469,68 casos por 100 mil habitantes. Lamentavelmente, o boletim também confirmou um óbito relacionado à dengue em Laranja da Terra.

Surto de dengue em Domingos Martins: aumento alarmante de casos em menos de 15 dias
Fonte: Instagram da Prefeitura de Domingos Martins

Comparativamente, o boletim anterior relatou 8.534 casos durante a semana de 21 a 27 de janeiro de 2024, com uma incidência de 209,99 casos por 100 mil habitantes, sem registros de mortes nesse período. Esse aumento vertiginoso, superior a 100% em número de casos e incidência por 100 mil habitantes, em menos de duas semanas, demanda uma atenção redobrada da população na prevenção da doença.

Esteja atento aos principais sintomas e saiba o que fazer em caso de suspeita:

Surto de dengue em Domingos Martins: aumento alarmante de casos em menos de 15 dias
Fonte: Instagram da Prefeitura de Domingos Martins
Surto de dengue em Domingos Martins: aumento alarmante de casos em menos de 15 dias
Fonte: Instagram da Prefeitura de Domingos Martins

A Secretaria de Saúde reitera a importância das seguintes medidas preventivas:

-Eliminação de criadouros, como recipientes sem uso;
- Limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado;
-Remoção de água acumulada em pratos de plantas;
-Armazenamento adequado de garrafas vazias, de cabeça para baixo;
-Vedação de tonéis, depósitos de água e caixas d'água ou qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;
-Limpeza constante de quintais, removendo itens que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas;
-Manutenção da higiene de recipientes suscetíveis à criação de mosquitos;
-Escovação e limpeza adequadas dos recipientes utilizados para armazenamento de água e alimentos (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água).

A conscientização e a adoção dessas práticas são fundamentais para conter a propagação da dengue e proteger a saúde da comunidade.

Surto de dengue em Domingos Martins: aumento alarmante de casos em menos de 15 dias
.