imagem da noticia
camera

Gesiel Rezende

seta amarela

Pedra Azul

Obras na Rota do Carmo retornam com melhorias no projeto inicial

Máquinas já estão às margens da BR-262.

Redação Pedra Azul News

01/02/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 02/02/2023 - 08:05:43

camera

Gesiel Rezende

Nesta quarta-feira (1º), as obras da Rota do Carmo foram retomadas. Uma reunião, na Villa Uliana, marcou o início dos trabalhos. Estiveram presentes representantes da Prefeitura de Domingos Martins, da Secretaria de Agricultura e Turismo do ES, empresários da Rota do Carmo, moradores e representantes da empreiteira responsável pela obra. Aproximadamente 40 pessoas discutiram sobre as atividades que serão feitas.

Na Rota do Carmo, máquinas e mais de 115 caçambas de Revisol já estão disponíveis, às margens da BR-262.

A comunidade foi ouvida sobre os problemas que a obra e sua paralisação promoveram e possíveis soluções foram apresentadas. Houve grande reclamação da falta de assistência das máquinas nos dias de chuva. A prefeitura auxiliou durante essas situações, mas a partir de agora a empreiteira dará a assistência nesses casos.

O novo secretário estadual de Agricultura Enio Bergoli foi apresentado durante a reunião, bem como Weverson Valcker Meireles, o novo secretário de Turismo.

A comunidade recebeu a notícia do retorno das obras e também da nova proposta de melhoria do projeto inicial sem alteração no custo, orçado em R$ 9.565.999.63 para pavimentar e fazer o sistema de drenagem da Rota. A obra possui 9km, sendo 4km de pavimentação de bloco intertravado e o restante de Revisol.

O início da obra na Rota do Carmo foi noticiado pelo Pedra Azul News em 14 de março de 2022. A proposta inicial teria duração de 360 dias, mas muitos atrasos ocorreram. Em um deles, no dia 10 de novembro do ano passado, a reportagem conversou com a Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) que disse ser a chuva um fator que impedia a continuidade da obra.

As obras do projeto inicial serão terminadas. Após o fim do que estava previsto na primeira proposta, a prefeitura dará continuidade. Para isso, um acordo entre a Seag e a Prefeitura de Domingos Martins foi feito. Desta forma, o governo estadual oferecerá o meio-fio e os blocos para pavimentação e a prefeitura dará a areia e a mão de obra, como ocorreu em Tijuco Preto.

Não foi apresentado o cronograma da obra após a paralisação ocorrida e nova aplicação de blocos. No entanto, os presentes na reunião foram avisados de que a obra terá, pelo menos, 4 meses de atraso. O prefeito Wanzete Kruger garante: “Esta obra vai sair”.