imagem da noticia
camera

Gesiel Rezende

seta amarela

Domingos Martins

Crianças estão sem transporte escolar em Vivendas e Lajinha; moradores estão revoltados

Falta de transporte escolar e ponto de ônibus em rodovia preocupa moradores.

Redação Pedra Azul News

16/02/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 16/02/2023 - 14:28:39

camera

Gesiel Rezende

Crianças das comunidades de lajinha e Vivendas estão sem ir para a escola por falta de transporte. As crianças precisam ir até um ponto de ônibus que fica na Rodovia Estadual ES-165, na entrada de Lajinha, porque o transporte escolar não entra na comunidade.

A rodovia é bem movimentada e muitos pais não conseguem acompanhar as crianças até o ponto de ônibus por motivo de trabalho. A rodovia se torna um perigo para os estudantes. Além disso, o ponto de ônibus não tem proteção contra a chuva ou contra o sol forte. É apenas uma placa na beira da estrada.

O Pedra Azul News recebeu muitas mensagens de pais preocupados com a segurança das crianças e com a escola que os filhos não estão frequentando. Em Lajinha, são 13 crianças sem aula. Já em Vivendas, cerca de 15 crianças são afetadas pela falta de transporte.

A reportagem foi até o local e conversou com os moradores que se dizem revoltados. Romário Antônio da Silva é avô de uma estudante que está sem transporte e diz que, além de sua neta, outros vizinhos estão na mesma situação e que há carro disponível. No entanto, segundo Romário Antônio, a Prefeitura de Domingos Martins não libera o transporte.

“Não tenho condições de levar e buscar porque a gente trabalha, sou lavrador. Isso é um descaso porque carro tem. Essa linha já tem muito tempo que está com problema. Já teve oferta de um outro carro de um cara que tem uma linha lá em São Rafael, só que a prefeitura não libera”.

Na comunidade de Vivendas, moradores relataram que souberam da falta de transporte somente um dia antes do início das aulas. A moradora Damares Quaresma diz que o transporte escolar sempre foi feito para crianças de 4 a 5 anos, mas agora “a gente liga, liga, reclama e sempre a resposta é ‘espera mais um pouco’.” A moradora ainda disse que algumas mães conseguem levar as crianças para a escola, mas com dificuldades. “Tem criança aqui que até hoje não foi para a escola”, conclui.

Outra moradora de Vivendas, Bárbara Caetano, disse que sem o transporte fica impossível levar a criança para frequentar as aulas. “Eu não tenho carro, tenho que ir a pé. Sem o transporte escolar, a minha filha não tem como ir para a escola”.

O Pedra Azul News entrou em contato com a Prefeitura de Domingos Martins que nos respondeu com a seguinte nota:

“A Prefeitura de Domingos Martins esclarece que no final do ano de 2022 os contratados não aceitaram prorrogações de algumas rotas/linhas, alegando que por serem os trajetos pequenos não havia interesse com os valores praticados, mesmo após a municipalidade ter cumprido com reajustes e reequilíbrios nos valores, conforme legislação. Por não haver acordos dos percentuais propostos pelos prestadores de serviço, as rotas foram licitadas por meio de pregão eletrônico, porém, não apareceram interessados, sendo considerando o Pregão Eletrônico Fracassado. Foram então tomadas as providências cabíveis para a realização de processo emergencial para contratação desses serviços, sendo que a única proposta apresentada foi com valores superiores a tabela de valores de referência. Para tanto, a equipe técnico financeira da Prefeitura está realizando levantamentos de impactos financeiros para diálogo com os transportadores para que o mais rápido possível sejam firmados contratos para a retomada dos serviços de transporte escolar. Para que os estudantes não tenham perdas educacionais, a Prefeitura informa ainda que já está elaborando propostas para reposição de aulas".

Crianças estão sem transporte escolar em Vivendas e Lajinha; moradores estão revoltados
Nota da Prefeitura Municipal de Domingos Martins-ES