imagem da noticia
camera

Gesiel Rezende

PUBLICIDADE

seta amarela

Região Serrana

Brita na BR-262 em Venda Nova do Imigrante; entenda o que é Tratamento Superficial Duplo

Caso de derrapagens foram relatados por moradores.

Redação Pedra Azul News

04/05/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 04/05/2023 - 16:28:18

camera

Gesiel Rezende

O Pedra Azul News tem recebido muitas fotos que mostram a insatisfação de moradores, motoristas, motociclistas que passam pela BR-262 em Venda Nova do Imigrante. O motivo da reclamação é a brita jogada na beira do estrada, ao longo do acostamento, por uma empresa que presta manutenção na via.

Em uma das mensagens recebidas, um morador da região questiona o motivo da brita estar no asfalto, uma vez que põe em risco quem passa pelo local causando derrapagens, além das pedras que são lançadas pelos pneus dos carros em alta velocidade.

O Pedra Azul News foi atrás de informações para entender o serviço que está sendo realizado na BR-262. Confira:

O serviço executado é uma ação de engenharia chamada Tratamento Superficial Duplo (TSD). O intuito é diminuir o degrau existente entre a pista e o acostamento.

Na primeira parte da obra, o serviço tem esse aspecto de incompleto. No entanto, ele é feito em fases em que se joga a “emulsão asfáltica”, depois um caminhão distribui a “brita 1” e, na sequência, acontece a compactação para pressionar a pedra na emulsão. Na segunda fase, todo o primeiro processo é repetido, aplicando a “brita 0” para preencher falhas e causar o travamento do novo pavimento. Após a compactação, ocorre o “banho diluído”, uma emulsão por cima de todo pavimento, finalizando o TSD.

Alguns casos de derrapagens aconteceram porque motociclistas e motoristas invadiram o acostamento, de acordo com informações recebidas pelo Pedra Azul News.

O DNIT define o TSD como “a camada de revestimento do pavimento constituída por duas aplicações de ligante asfáltico, cada uma coberta por camada de agregado mineral e submetida à compressão.” (https://www.gov.br/dnit/pt-br/assuntos/planejamento-e-pesquisa/ipr/coletanea-de-normas/coletanea-de-normas/especificacao-de-servico-es/dnit_147_2012_es.pdf)

O TSD é muito usado também para selar trincas que aparecem no asfalto. Feito em fases, pode apresentar aspecto de incompleto. No entanto, de acordo com informações recebidas pela reportagem, seu custo-benefício é muito bom.