imagem da noticia
camera

Gesiel Rezende

seta amarela

Região Serrana

Ação de vereadores de VNI pode comprometer funcionamento de entidades e serviços públicos

Vereadores exigem prévia autorização legislativa.

Redação Pedra Azul News

15/08/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 16/08/2023 - 10:42:31

camera

Gesiel Rezende

Polícia Militar, Correios, Pastoral da Saúde, Instituto Jutta Batista, Policlínica e diversos órgãos em Venda Nova do Imigrante podem ter seu funcionamento comprometido em razão de uma denúncia feita por três vereadores do município ao Ministério Público (MPES).

Os vereadores Márcio Antônio Lopes, Marco Antônio Torres Nascimento e o presidente da Câmara Erivelton Uliana abriram denúncia no MPES sobre a necessidade de autorização legislativa para uso de bens públicos.

Na denúncia, os vereadores citaram algumas instituições que usam espaços da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante como o Instituto Jutta Batista, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, Policlínica e também a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis (Ascaveni). Segundo os vereadores, as instituições usam bens públicos, mas não há prévia autorização legislativa.

O problema é que a atitude tomada pelos vereadores pode comprometer não só o funcionamento das instituições acima, mas também de serviços públicos como Polícia Militar e o Serviço Médico Legal.

Com a denúncia apresentada pelos vereadores, as instituições podem ser despejadas até que a prefeitura consiga legalizar a situação. Uma ação que, aparentemente, quer atingir a gestão do atual prefeito Paulinho Mineti, pode atingir também serviços públicos importantíssimos para o município.

Além disso, a concessão dos espaços públicos não se restringe apenas a atual gestão, uma vez que há instituições que utilizam tais espaços há mais de 20 anos.

A Prefeitura de Venda Nova do Imigrante já tentou regularizar a situação por meio de ofício com os laudos necessários. A proposta foi recebida pela Câmara e, segundo informações obtidas pelo Pedra Azul News, não foi colocada em votação, mas ficou retida a fim de efetuar a denúncia contra o prefeito.

As instituições e serviços que podem sofrer com a atitude dos vereadores são: Instituto Jutta Batista, Policlínica, Polícia Militar no Caxixe, Ascaveni, Incaper, IBGE, Correios em São João e em Caxixe, Idaf, Serviço Médico Legal, Nosso Crédito, Setor de Identidade e Espaços de Convivência nos campos de futebol do município gerenciados pelas comunidades locais.

O Pedra Azul News conversou com representantes do Instituto Jutta Batista que se mostraram preocupados com atitude dos Vereadores.

O Jutta Batista atua em Venda Nova do Imigrante há muitos anos com serviços importantes para a sociedade como construção de creches, Apae, asilos, diversos projetos sociais, fomento ao voluntariado e ações no Hospital Padre Máximo com o serviço de rouparia feito pelas voluntárias. Além disso, gera renda para muitos jovens e adultos.

Móveis da prefeitura que o Jutta Batista utiliza:
- Ginásio de Esportes do Camargo
- Ginásio de esporte de São José de Alto Viçosa
- Centro Comunitário de Bicuíba
Atualmente, o instituto atende 200 crianças de Venda Nova do Imigrante.

Com a denúncia, o Jutta Batista e as demais instituições podem perder o espaço que utilizam em Venda Nova do Imigrante.

___________________________________________________

Receba notícias no seu whatsapp em primeira mão, participe do Grupo de WhatsApp do Pedra Azul News.
Para entrar CLIQUE AQUI
___________________________________________________