imagem da noticia
camera

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

seta amarela

Eleições

TSE proíbe PT de fazer propaganda que associa Bolsonaro à prática de canibalismo

Ministro alega potencial descontextualização por parte da propaganda petista

Redação Pedra Azul News

10/10/2022 - 00:00:00 | Atualizada em 10/10/2022 - 09:35:26

camera

Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por decisão do ministro Paulo de Tarso Sanseverino, que o Partido dos Trabalhadores (PT) retire do ar propaganda eleitoral que vincula o presidente Jair Bolsonaro (PL) ao canibalismo.

O PT se valeu de uma entrevista de Bolsonaro concedida ao jornal New York Times em 2016 na qual em determinado momento ele afirma que participaria de um ritual indígena em Roraima, mesmo que tivesse que comer carne humana, em respeito à cultura local, conforme apurado pelo site de notícias O Antagonista.

O ministro Sanseverino em sua decisão afirmou que a propaganda eleitoral petista é capaz de configurar grave descontextualização.

A descontextualização é um dos aspectos para identificação de fake news.