imagem da noticia
camera

Divulgação

seta amarela

Polícia

Pastor Fabiano é preso em frente ao 38º Batalhão do Exército

Pastor Fabiano afirmou que cometeu o crime de liberdade de expressão.

Redação Pedra Azul News

19/12/2022 - 00:00:00 | Atualizada em 19/12/2022 - 11:24:36

camera

Divulgação

Foi preso na madrugada dessa segunda-feira (19) o pastor Fabiano de Oliveira, um dos alvos da operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) no último dia 15. Além do pastor Fabiano, mais três pessoas tiveram contra si mandados de prisão cumpridos, dentre elas o vereador de Vitória Armandinho Fontoura (Podemos).

Dos quatro que tiveram a prisão decretada, apenas o pastor Fabiano seguia em liberdade. No entanto, todos sabiam onde ele se encontrava: em frente ao 38º Batalhão do Exército, na Prainha, em Vila Velha.

Pastor Fabiano chegou a gravar vídeos nas redes sociais, afirmando que ele tinha cometido o crime de liberdade de expressão. A prisão foi decretada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, a pedido do Ministério Público do estado do Espírito Santo (MP-ES).

Conforme apurado pelo jornal Folha Vitória, na representação, o MP-ES afirma que Fabiano exerce liderança “em relação aos movimentos criminosos e antidemocráticos que atacam o sistema eleitoral, sendo possível verificar publicação de ataques ao ministro Alexandre de Moraes”.