imagem da noticia
camera

Reprodução/Record News | Reprodução/TV Globo

seta amarela

Polícia

Marcelinho Carioca fala pela primeira vez após o sequestro e nega suspeita de traição

VEJA O VÍDEO DA COLETIVA DE IMPRENSA - O Ex-jorgador relatou que foi obrigado a gravar vídeo.

Redação Pedra Azul News

19/12/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 19/12/2023 - 10:24:29

camera

Reprodução/Record News | Reprodução/TV Globo

Na segunda-feira passada, 18 de dezembro, Marcelinho Carioca foi libertado por seus sequestradores e localizado pela polícia em uma rua de Itaquaquecetuba, São Paulo, após ficar desaparecido desde o domingo.

Por volta das 14h30, o ex-jogador, de 51 anos, participou de uma coletiva de imprensa após prestar depoimento às autoridades policiais. Durante o relato, Marcelinho Carioca afirmou ter sido forçado por criminosos a gravar um vídeo no qual admitia que o sequestro ocorreu devido a seu envolvimento com uma mulher casada.

Cinco indivíduos suspeitos de envolvimento no caso, incluindo três homens e duas mulheres, foram detidos, e duas testemunhas serão ouvidas. A abordagem policial ocorreu na região próxima ao local em que o veículo foi encontrado, sendo os suspeitos conduzidos ao DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa), no centro de São Paulo.

Apesar de tratar a mulher que aparece ao lado de Marcelinho no vídeo como vítima, as autoridades policiais não descartam a possibilidade de sua participação no caso.