imagem da noticia
camera

6º Cia Independente da PMES

seta amarela

Polícia

Domingos Martins e Marechal Floriano na Operação Colheita realizada pela 6º Cia Independente da PM

Operação segue até dia 30 de novembro.

Redação Pedra Azul News

05/05/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 05/05/2023 - 10:09:05

camera

6º Cia Independente da PMES

No último dia 24, começou em todo o estado do Espírito Santo a Operação Colheita 2023, que reforça o policiamento nas áreas rurais em 72 municípios do ES no período das colheitas de café, cana-de-açúcar, abacaxi e outros cultivos. O Objetivo é garantir maior segurança durante o período em razão do maior fluxo de pessoas e da circulação de mercadorias nas regiões produtoras.

O reforço na segurança dessas áreas será realizado pela Polícia Militar do Espírito Santo até o dia 30 de novembro deste ano. O policiamento rural já acontece, sendo feito pela Patrulha Rural. A PMES reforça esse policiamento através da Operação Colheita.

Em Domingos Martins e Marechal Floriano o patrulhamento rural é realizado pela 6º Cia Independente da Polícia Militar que visa maior estreitamento da relação com a comunidade rural para evitar, através da prevenção, os crimes em áreas rurais.

O coordenador da Patrulha Rural - 6º Cia Independente, Sargento Willian Marques, destacou que “o modelo de policiamento tem sido elogiado de forma recorrente, pela proximidade e confiança dos produtores e moradores do campo.”

O policiamento acontece com visitas, buscando também a colaboração dos produtores e moradores com troca de informações úteis à ação policial. A Operação Colheita visa, especialmente, orientar sobre comportamento seguro, condutas suspeitas, modo de agir dos criminosos, além de intensificar abordagens a veículos e pessoas.

Para o Sargento, a Operação Colheita vai garantir “maior presença ostensiva nas áreas mais distantes dos centros urbanos, mais efetivo direcionado ao policiamento rural, proporcionando maior interatividade com a comunidade, intensificar abordagens e realizar visitas tranquilizadoras, levando, além da presença policial, a interatividade e cooperação da Polícia Militar no dia a dia dos nossos agricultores.”

O Governo do Estado informou que o investimento com a operação é de R$ 4,8 milhões e faz parte do Programa de Segurança Rural.

@‌6ciaind.pmes / http://www.es.gov.br