imagem da noticia
camera

Rodosol

seta amarela

Espírito Santo

Após 25 anos de concessão, contrato do governo com a Rodosol vai chegar ao fim

Casagrande já confirmou o fim da concessão.

Redação Pedra Azul News

02/05/2023 - 00:00:00 | Atualizada em 02/05/2023 - 16:32:55

camera

Rodosol

No dia 22 de dezembro de 1998, o Governo do Estado assinava um contrato com a empresa Rodosol, responsável por gerir a Terceira Ponte e a Rodovia do Sol.

Em 22 de dezembro de 2023, no entanto, após 25 anos de concessão, o contrato chegará ao fim. Diante dessa notícia, muitas questões surgem sobre quem fará a manutenção da estrada e se haverá redução do valor do pedágio.

O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, estará na Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) para responder às questões levantadas pelo deputado Fabrício Gandini (Cidadania). O secretário participará da reunião da Comissão de Fiscalização da Infraestrutura da BR-101, BR-262 e Rodovia do Sol, na Ales, da qual o presidente é o deputado Gandini. O encontro será amanhã (3) às 14h, no Plenário Rui Barbosa.

O Governador Renato Casagrande (PSB) explicou que um novo modelo de concessão está em estudo pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e deverá ser entregue ainda no mês de maio para avaliação do Tribunal de Contas.

Casagrande já confirmou o fim da concessão, mas o pedágio não deve ser extinto. A ideia é reduzir o valor. “Vai ter pedágio. O que a gente está fazendo é colocar menos investimento, pedimos para fazer uma modelagem com menos investimento para que a gente possa reduzir o valor do pedágio especialmente na Rodovia do Sol”, declarou.

Para Gandini, a presença do secretário será de grande importância para esclarecer a situação em que ficará o trecho. “Uma nova empresa irá assumir a Terceira Ponte e a Rodovia do Sol? Ou caberá ao Governo do Estado a gestão?”

De acordo com o deputado, a reunião será uma ótima oportunidade para cobrar melhorias viárias, de iluminação pública, entre outras. “Não basta uma renovação automática com os mesmos termos”.

A área de concessão tem 67,5 km, que começa em Vitória na praça de pedágio, passa pela Terceira Ponte e segue pela Rodovia do Sol até o trevo de Meaípe.

Fonte: Assessoria Parlamentar do deputado Fabrício Gandini