imagem da noticia
camera

Reprodução

seta amarela

Espírito Santo

Acompanhante de doente poderá receber auxílio no Espírito Santo

O benefício não acarretará despesas novas para o Estado.

Redação Pedra Azul News

16/09/2022 - 00:00:00 | Atualizada em 18/09/2022 - 13:49:15

camera

Reprodução

O acompanhante de doente que estiver internado nas unidades de saúde públicas fora do seu domicílio poderá receber auxílio financeiro para ajudar a cobrir as despesas com alimentação, transporte, vestuário e até moradia.

O projeto que prevê a ajuda financeira foi apresentado na Assembleia Legislativa, aprovado pelos deputados e recorre ao Fundo Estadual de Saúde (FES), que que é destinado a ações e serviços da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

De acordo com o Projeto de Lei (PL) 422/2022 do deputado Pr. Marcos Mansur, os recursos existentes no FES podem servir também para atender a demanda de acompanhantes de pessoas hospitalizadas em unidade da rede pública estadual distante de seu domicílio de origem.

"É sabido que diversas mães e responsáveis têm que se afastar de suas residências por quilômetros a fim de acompanhar filhos, familiares ou pessoas internadas em hospitais, e permanecem nos hospitais por dias, mês, as vezes meses, sem poderem ir em suas residências realizar tarefas cotidianas de extrema importância para uma vida saudável como trocarem de roupa, alimentar-se com a comida 'caseira', até mesmo dormir em um ambiente confortável como em seus lares", justifica o autor.

O benefício, segundo o autor, deve ser amplamente divulgado por meio de cartazes distribuídos em diversos ambientes da unidade de saúde (hospitais, maternidades, postos de saúde etc.) para que a população tenha conhecimento desse direito do acompanhante.

O PL não acarretará despesas novas para o Estado, visto que esse montante de verba necessário para atender a demanda dos acompanhantes está no FES e, por outro lado, os cartazes podem ser gerados no computador da instituição de saúde, sem novas despesas.